28 2101-7603

Home / Artigo / COMUNICAR A ALEGRIA DO RESSUSCITADO

COMUNICAR A ALEGRIA DO RESSUSCITADO

Por Seminarista Anthonny Juan

 

 

“Alegrai-vos sempre no Senhor” (Fl 4,4)

 

A principal característica do Cristão, desde o início dos tempos, é a alegria. Comunicá-la é missão de todos os que creem em Jesus ressuscitado. Já no antigo testamento cantava o salmista: “qual é o homem que não ama a sua vida procurando ser feliz todos os dias?” (Sl 33, 13). Cultivamos essa alegria, pois temos a plena certeza e convicção do amor que Deus tem para conosco, ao ponto de ter “enviado seu único Filho para nos salvar” (cf. Jo 3,16). Cristo se entregou por nós e, morrendo, venceu a morte, dando-nos, no lenho da Cruz, a nossa vitória para que nossa “alegria seja completa” (cf. Jo 16, 24). Não podemos nos perder no meio do caminho e deixarmo-nos enganar pela euforia, que nos causa um prazer momentâneo pelo apego às coisas deste mundo. Para que isso não aconteça devemos nos apegar sempre à alegria, que é fruto do Espírito Santo.

 

Em sua carta aos Filipenses, São Paulo nos adverte a “alegrarmo-nos sempre no Senhor” (cf. Fl 4,4). Cabe a nós testemunhar e vivenciar essa alegria em nosso cotidiano, que se manifesta por um abraço, uma conversa gratuita e amiga, um gesto de estender as mãos para quem precisa e de outras diversas formas, mas principalmente quando deixamos florescer externamente  em nosso semblante o sorriso, que é considerado uma manifestação externa da alegria que sentimos internamente em nosso coração.

 

É cativante o sorriso de quem transmite a alegria interior que provém da comunhão e amizade com Deus. Sabemos que estamos vivendo em tempo de pandemia que nos impede, muitas vezes, de vivenciar essa externalização da alegria devido ao uso necessário das máscaras, e como sentimos falta de contemplar o sorriso do irmão de caminhada..., mas ainda assim conseguimos perceber pelo olhar a expressão de alegria a cada encontro vivenciado.

 

Estamos no tempo da Páscoa, no qual celebramos o acontecimento mais importante da história de nossa Salvação: a Ressurreição! No seio de nossas comunidades, somos chamados a testemunhar com alegria esse grande acontecimento que nos liberta da escravidão do pecado e da morte. Como poderíamos não sorrir ao testemunhar a ressurreição? Como poderíamos não sorrir se Deus nos ama? Como não nos alegrarmos se Deus nos chama? Precisamos nos permitir contemplar a alegria da ressurreição em nosso coração. Por meio da oração devemos pedir incessantemente a graça de viver no cotidiano da vida a alegria de comunicar a esperança.

 

Mas como contemplar essa alegria e conseguir sorrir em uma realidade de sofrimento? Mesmo nos momentos de provação somos convocados a vincular nossos sofrimentos aos sofrimentos de Cristo, como nos adverte São Pedro em sua carta: “Pelo contrário, alegrai-vos por participar dos sofrimentos de Cristo, para que possais alegrar e exultar no dia em que for manifestada a sua glória” (1Pd 4,13). Assim, temos a plena certeza de que Cristo está ao nosso lado e que, por Sua ressurreição, juntos ressuscitaremos com Ele.

 

Irmãs e irmãos, em mundo que está cada vez mais consumista e materialista, que prega que a felicidade está nas coisas deste mundo, precisamos nadar contra a corrente e cultivar uma alegria sadia e verdadeira e, assim, depositar nossa esperança no Amor. Precisamos comunicar e testemunhar a alegria que seja capaz de edificar e promover o bem comum, excluindo toda e qualquer possibilidade de uma cultura que descarta e exclui o outro em sua dignidade.

 

Informativo

Cadastre seu e-mail e receba informações mensais da Diocese.


  diocesacachoeiro@hotmail.com

  28 2101-7603

Rua Costa Pereira, 41 - Centro

CEP: 29.300-090 - Cachoeiro de Itapemirim - ES

Diocese de Cachoeiro de Itapemirim

 

© Diocese de Cachoeiro de Itapemirim. Todos os direitos reservados.

 

Produção / Cadetudo Soluções Web