28 2101-7603

Home / Artigo / 58º DIA MUNDIAL DE ORAÇÃO PELAS VOCAÇÕES

58º DIA MUNDIAL DE ORAÇÃO PELAS VOCAÇÕES

Por Pe. Thiago da Silva Vargas

 

 

O Vaticano publicou em 19 de março, Solenidade de São José, a mensagem do Papa Francisco para o próximo Dia Mundial de Oração pelas Vocações 2021 com o tema: São José: o sonho da vocação.

 

O 58º Dia Mundial de Oração pelas Vocações será no dia 25 de abril de 2021, quarto Domingo de Páscoa. Escreveu o Papa: “Por isso gosto de pensar em São José, guardião de Jesus e da Igreja, como guardião das vocações. Com efeito, da própria disponibilidade em servir, deriva o seu cuidado em guardar” (Mensagem do Papa Francisco para o 58º Dia Mundial de Oração pelas Vocações). Francisco aponta na vida de São José três palavras-chave para a vocação de cada um. São elas: sonho, serviço e fidelidade.

 

Os sonhos de São José fizeram com que se modificassem totalmente os seus planos, mas também lhe concederam graças incontáveis; tornou-se pai adotivo de Jesus, salvou a Sagrada Família, regressou do Egito e mudou-se para Nazaré onde Jesus iniciou o anúncio do Reino de Deus. Na experiência dos sonhos, José demonstrou sua enorme fé e o desejo de fazer sempre a vontade de Deus. Por isso, São José pode ser invocado como intercessor dos jovens na busca de realizar o sonho de Deus em suas vidas, ou seja, a vocação.

 

O serviço se mostra como regra de vida para São José, expresso no dom de si por um amor maior. Escreveu o Santo Padre: “Toda a verdadeira vocação nasce do dom de si mesmo, que é a maturação do simples sacrifício. Mesmo no sacerdócio e na vida consagrada, requer-se este gênero de maturidade. Quando uma vocação matrimonial, celibatária ou virginal não chega à maturação do dom de si mesmo, detendo-se apenas na lógica do sacrifício, então, em vez de significar a beleza e a alegria do amor, corre o risco de exprimir infelicidade, tristeza e frustração” (Patris Cordi, n.7).  São José, mesmo enfrentando circunstâncias contrárias, não desanimou e demonstrou sempre a disponibilidade de quem vive para servir.

 

A terceira palavra-chave é a Fidelidade. São José dá testemunho de fidelidade na perseverança e na paciência do dia a dia. Sua fidelidade se alimenta da fidelidade do próprio Deus, que lhe revelou em sonho: “José, filho de Davi, não temas” (Mt 1,20). Estas palavras ampliaram os sonhos de José e sustentaram sua fidelidade em meio às dificuldades. Com estas mesmas palavras, Deus continua sustentando e amparando a fidelidade de todos os vocacionados e vocacionadas nos dias atuais. Por fim, a fidelidade de São José lhe conferiu a verdadeira alegria. Esta alegria, por ele vivenciada, é a alegria de todos os vocacionados e vocacionadas: estar sempre com Deus e com o próximo.

 

Rezemos neste 58º Dia Mundial de Oração pelas Vocações por todas as pessoas que estão realizando um caminho vocacional. Unamo-nos em oração pedindo ao Senhor que nos faça descobrir o seu projeto de amor para a nossa vida, e que nos dê a coragem de arriscar no caminho que Ele, desde sempre, pensou para nós. Que São José, guardião das vocações, interceda por nós! 

Informativo

Cadastre seu e-mail e receba informações mensais da Diocese.


  diocesacachoeiro@hotmail.com

  28 2101-7603

Rua Costa Pereira, 41 - Centro

CEP: 29.300-090 - Cachoeiro de Itapemirim - ES

Diocese de Cachoeiro de Itapemirim

 

© Diocese de Cachoeiro de Itapemirim. Todos os direitos reservados.

 

Produção / Cadetudo Soluções Web