28 2101-7603

Home / Sociedade

08.03.2019

Dia Internacional da Mulher

A harmonia que Deus quis para o mundo

 

 

Dom Leonardo Steiner, secretário-geral da CNBB, recordou a grandeza e a beleza do ser mulher diante do Dia da Mulher, celebrado nesta sexta-feira, 8 de março, no mundo inteiro.

 

Dom Leonardo lembrou que o Papa Francisco, em 2017, numa meditação matinal feita durante a celebração da Eucaristia, na Casa Marta, no Vaticano, afirmou que é necessário evitar se referir à mulher falando somente das funções que realizam na sociedade ou em uma instituição, sem levar em consideração que a mulher, na humanidade, realiza uma missão que vai além e que nenhum homem pode oferecer: “O homem não traz harmonia: é ela. É ela que traz a harmonia, que nos ensina a acariciar, a amar com ternura e que faz do mundo uma coisa bela”.

 

O Santo Padre relatou como o Gênesis explica que no princípio o homem estava só, então o Senhor lhe tirou uma costela e fez a mulher, que o homem reconheceu como carne de sua carne. “Mas antes de vê-la, sonhou com ela”. “Quando não há mulher, falta a harmonia”, insistiu. Papa Francisco destacou que o destino do homem e da mulher é ser “uma só carne”.

 

Em exemplo, o Pontífice contou quando em uma audiência, enquanto saudava as pessoas, perguntou a um casal que celebrava 60 anos de matrimônio: “Qual de vocês teve mais paciência? Eles que me olhavam, se olharam nos olhos, não me esqueço nunca daqueles olhos, hein? Depois voltaram e me disseram os dois juntos: ‘Somos apaixonados!’ Depois de 60 anos, isto significa uma só carne. Isso é o que traz a mulher: a capacidade de se apaixonar. A harmonia ao mundo”.

 

 

O sonho da paz passa pela mulher

 

Dom Leonardo lembrou ainda que o Pontífice explicou que a mulher não existe para “lavar a louça. Não: a mulher é para trazer harmonia. Sem a mulher não há harmonia”. Neste sentido, ele condenou o crime da exploração de mulheres. “Muitas vezes, ouvimos: ‘Não, é necessário que nesta sociedade, nesta instituição, que aqui tenha uma mulher para que faça isso ou aquilo… ’ Não, não! A funcionalidade não é o objetivo da mulher. É verdade que a mulher deve fazer coisas e faz coisas, como todos nós fazemos. O objetivo da mulher é criar harmonia e sem a mulher não há harmonia no mundo”. E o papa completou: “Explorar as pessoas é um crime que lesa a humanidade: é verdade. Mas explorar uma mulher é algo ainda pior: é destruir a harmonia que Deus quis dar ao mundo”.

 

No dia da Mulher, lembremos das nossas mães, das mulheres que sofrem com a pobreza e miséria, com as guerras. Tenhamos a ousadia de criarmos relações que superem a discriminação, a violência, o feminicídio. Despertemos para a grandeza e a dignidade própria da mulher. Manifestemos nossa gratidão às mulheres, pois elas nos ensinam a fé na vida e no amor!

 

A mulher torna o mundo mais bonito, o protege e o mantém vivo; a sua graça torna as coisas novas; seu abraço abrange a coragem de se doar. A paz é mulher, nasce e renasce da ternura das mães. O sonho da paz se realiza com o olhar à mulher. A mulher tem origem no coração e nos sonhos. Ela leva ao mundo o sonho do amor. Se quisermos um futuro melhor, se sonharmos com um futuro de paz, precisamos dar espaço às mulheres” – Papa Francisco.

 

 

Seja o primeiro a comentar

Informativo

Cadastre seu e-mail e receba informações mensais da Diocese.


  diocese@diocesecachoeiro.org.br

  28 2101-7603

Google Play

Rua Costa Pereira, 41 - Centro

CEP: 29.300-090 - Cachoeiro de Itapemirim - ES

Diocese de Cachoeiro de Itapemirim

 

© Diocese de Cachoeiro de Itapemirim. Todos os direitos reservados.

 

Produção / Cadetudo Soluções Web