28 2101-7603

Home / Notícias

10.02.2015

Presidente da CNBB convida dioceses a participarem de consulta para o Sínodo.

 


“Todo povo de Deus é convidado a participar desta consulta”, disse o arcebispo de Aparecida (SP) e presidente da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), cardeal Raymundo Damasceno Assis, sobre o questionário disponibilizado pelo Vaticano e enviado a todas as dioceses a respeito das reflexões da 3ª Assembleia Extraordinária do Sínodo dos Bispos, ocorrida em 2014, com o tema “Os desafios da família no contexto da evangelização”. Durante a entrevista coletiva concedida à imprensa, na manhã do dia 5 de fevereiro, foram abordados os assuntos debatidos na primeira reunião do Conselho Episcopal Pastoral (Consep) deste ano.

Composto por 46 questões, o documento chamado de Lineamenta relaciona as reflexões da 3ª Assembleia Extraordinária com a temática proposta para a segunda fase do Sínodo,  a 14ª Assembleia Geral, que será realizada em outubro próximo. A partir de orientações e indicações no próprio texto, disponível no site do Vaticano, as dioceses responderão questões relacionadas aos temas sugeridos: "contexto sociocultural", "A relevância da vida afetiva", "A família no desígnio salvífico de Deus", "A indissolubilidade do matrimônio e a alegria de viver juntos", "Cura pastoral de quantos vivem no matrimônio civil ou convivem", "A atenção pastoral às pessoas com tendência homossexual", "O desafio da educação e o papel da família na evangelização".

Dom Damasceno expressou o desejo de que o Sínodo possa “encontrar soluções concretas para as muitas dificuldades e também para os numerosos desafios que as famílias enfrentam no mundo de hoje”.

O material encaminhado às dioceses pode ser acessado clicando aqui.

Consep

A reunião do Consep, que aconteceu nos dias 3 e 4 de fevereiro, teve em sua pauta a preparação para a 53ª Assembleia Geral da CNBB, agendada para o período de 14 a 25 de abril, em Aparecida (SP). Na ocasião serão eleitos a Presidência da CNBB, os presidentes das 12 Comissões Episcopais de Pastoral, além de quatro membros da CNBB para o Sínodo e o delegado e um suplente para representarem a Conferência no Conselho Episcopal Latino Americano (Celam).

Ainda sobre a 53ª Assembleia Geral, dom Damasceno recordou a atualização das Diretrizes Gerais da Ação Evangelizadora da Igreja no Brasil (DGAE) para o próximo quadriênio, de 2015 a 2019. “Vamos atualizar as diretrizes atuais à luz dos documentos pontifícios, do magistério pontifício, sobretudo à luz da Exortação Apostólica Evangelii Gaudium – A alegria do Evangelho – e mais aqueles dois discursos importantes que o papa Francisco fez aos bispos do Brasil e do Celam por ocasião da Jornada Mundial da Juventude [em 2013]”, explicou.

Ano da Paz

As iniciativas do Ano da Paz, que ocorre até o Natal de 2015, foram abordadas durante a reunião do Consep. Aos jornalistas, o cardeal Raymundo Damasceno Assis destacou o objetivo de promover a convivência respeitosa e mais fraterna entre as pessoas.

Presente na entrevista coletiva, o bispo auxiliar de Brasília e secretário geral da CNBB, dom Leonardo Steiner, informou que será dada maior ênfase nas ações para o Ano da Paz após o período da Quaresma. “As iniciativas propositadamente começaram muito lentas, devagar. No tempo do Advento abordamos indiretamente, agora entraremos na reflexão da Campanha da Fraternidade. Terminado o tempo da Campanha da Fraternidade nós vamos ser mais ativos, nós teremos um texto-base e refletiremos sobre o slogan “Somos da Paz””, anunciou.

Há um planejamento de propostas de reflexões para grupos de família e comunidades, além de uma manifestação pública da CNBB em favor da Paz, a ser definida durante a Assembleia Geral.

Sobre o slogan da iniciativa, dom Damasceno afirmou que “todos devem ser artífices construtores da paz”.

Água

A crise hídrica que afeta alguns estados do Brasil foi lembrada por dom Damasceno. Ele recordou que o lema da Campanha da Fraternidade de 2004,  “Água, fonte de vida”, propunha a conscientização da sociedade de que a água é fonte de vida e que o direito à água com qualidade seja efetivado para as gerações presentes e futuras”.

O cardeal retomou a oração realizada na época:

“Perdoai-nos, Senhor misericordioso,
Pela contaminação das águas, pelo desperdício e pelo egoísmo
Que privam os irmãos desse bem tão necessário à vida.
Dai-nos, ó Espírito Santo, um coração fraterno e solidário,
Para usarmos a água com sabedoria e prudência
E para não deixar que ela falte a nenhuma de vossas criaturas.
Ó Cristo, Vós que também tivestes sede,
Ensinai-nos a dar de beber a quem tem sede.
E concedei-nos com fartura a água viva
Que brota de Vosso Coração e jorra para a vida eterna.
Amém”.

Campanha da Fraternidade 2017

Dom Leonardo também anunciou que a temática da Campanha da Fraternidade de 2017 irá propor um debate sobre "Os biomas e as populações originais". Durante a próxima reunião do Consep, marcada para o dia 14 de abril, os bispos irão definir o tema e o lema a serem trabalhados.  "Gostaríamos de refletir sobre essa questão dos biomas tão diferentes que nós temos e descuido em relação a eles. Nós vemos a dificuldade com o Cerrado, a área do Pantanal, mas também o descuido em relação às populações, especialmente as ribeirinhas, indígenas que vivem mais diretamente ligadas a esses biomas", disse dom Leonardo.

Fonte: CNBB.

 

 

 

 

Informativo

Cadastre seu e-mail e receba informações mensais da Diocese.


  diocese@diocesecachoeiro.org.br

  28 2101-7603

Rua Costa Pereira, 41 - Centro

CEP: 29.300-090 - Cachoeiro de Itapemirim - ES

Diocese de Cachoeiro de Itapemirim

 

© Diocese de Cachoeiro de Itapemirim. Todos os direitos reservados.

 

Produção / Cadetudo Soluções Web