28 2101-7603

Home / Notícias

20.10.2014

Diocese de Cachoeiro de Itapemirim celebrou o DNJ.

 


A diocese de Cachoeiro de Itapemirim, em sintonia com outras dioceses do país, celebrou no domingo, 19, o Dia Nacional da Juventude (DNJ), reunindo milhares de jovens para um dia inteiro de oração, música, diversão, alegria e uma mensagem: “feitos para sermos livres e não escravos”, que foi o tema do evento.


Caminhada abre a programação


Os primeiros passos do DNJ 2014 foram dados, literalmente, com a caminhada saindo da Paróquia Nossa Senhora da Penha, bairro BNH, em direção ao Parque de Exposições de Cachoeiro de Itapemirim, onde o DNJ prosseguiu ao longo do dia. No pátio da Paróquia, que também serviu de concentração, já dava para ter uma ideia da animação que viria no restante do domingo, pois os jovens já cantavam e dançavam antes mesmo da caminhada ter início.

Com a caminhada iniciada a multidão seguiu a passos firmes, mesmo com o sol forte. Ao longo do trajeto os jovens foram no embalo de grandes sucessos da música Católica, com o auxílio dos autofalantes de um carro à frente da multidão. Onde o som do carro não alcançava, pois o número de participantes era grande, o jeito foi improvisar cantando a capela, fato que deu ainda mais entusiasmo ao momento.

Quando os empolgados caminhantes chegaram ao Parque de Exposições,  depois de percorrer todo o trajeto debaixo de sol e calor por cerca de 40 minutos, foram recebidos por outra multidão que aguardava no local, vindos em caravanas de diversas partes da diocese.


Dom Dario preside Missa

Todos reunidos e com o fôlego recuperado foi a vez da Missa presidida pelo bispo diocesano dom Dario Campos, concelebrada pelos padres da diocese.

Logo no início da Missa foi feita uma bonita recordação da vida, relembrando grandes momentos da juventude ocorridos recentemente, como o Bote Fé, quando a diocese de Cachoeiro recebeu os símbolos da JMJ, e a Jornada Mundial da Juventude no Rio de Janeiro, ambos em 2013.

Em sua homilia dom Dario deu espaço para que os presbíteros concelebrantes também deixassem suas reflexões sobre o dia. Todos, partindo do Evangelho do dia que versava acerca da questão proposta pelos fariseus a Jesus sobre pagar os impostos a César, foram unânimes em frisar que os jovens devem dar a Deus o que é de Deus, para que assim encontrem a verdadeira liberdade, livres do pecado.

Dom Dario também fez um paralelo entre a resposta de Jesus aos Fariseus e a vida dos jovens, onde não se pode deixar a sedução do mundo abafar o desejo de Deus à liberdade, como filhos de Deus, pertencentes a Ele e não aprisionados no pecado oferecido pelo mundo, pois é para a liberdade que Deus criou o homem.

Seguindo o tema da Campanha da Fraternidade 2014 o bispo diocesano também salientou a importância de combater o tráfico de órgãos, frisando que a doação de órgãos, no ato do falecimento de uma pessoa, deve ser incentivada, pois é um gesto bonito que ajuda a promover a vida, mas o tráfico de órgãos, quando pessoas têm a sua vida ceifada com o bárbaro intuito de ter órgãos retirados, deve ser combatido por todos.

Finalizando a sua homilia dom Dario deixou a mensagem:

“Jovens, é para a liberdade que Deus nos criou, por isso tenham o Espírito Santo no coração, estejam sempre presentes junto à Igreja, juntos aos irmãos,  junto a nós... Deus nos criou para a vida, nos quer como águias voando, encontrando novos horizontes. Não apaguem os horizontes que vocês trazem no coração, caminhem descobrindo novos horizontes na vida, mas apoiados pela Igreja, pela Palavra de Deus, pela comunidade, pais, amigos. Queridos jovens, é para a vida que Deus nos criou e quando nos encontramos na plena liberdade somos capazes de dizer, como Jesus, ‘dai a César o que é de César, e a Deus o que é Deus’”.


Música, teatro e espiritualidade encerram o DNJ

Após a pausa para almoço, o grupo musical Cristo Samba animou a multidão com grandes sucessos da música Católica em ritmo de samba. Enquanto dançavam, muitos jovens jogavam água para o ar na tentativa de refrescar o forte calor que durou por todo o dia, o que gerou uma grande brincadeira e logo muitos estavam molhados dos pés à cabeça.

Depois do samba foi a vez de teatro, com a encenação do musical “Canto das Írias”. A peça, de autoria da Comunidade Shalom, foi interpretada por membros da Comunidade de Vida e Aliança Vida Nova, da diocese de Cachoeiro de Itapemirim. Com diálogos fortes e músicas que retratam toda a emoção do momento, a peça abordou o amor de Deus pela humanidade, amor este que não desiste do ser humano mais descaracterizado pelo pecado, oferecendo-lhe o auxilio para retornar a uma vida repleta de Deus, a liberdade verdadeira. Os atores foram merecidamente ovacionados por todos os presentes, após o belo espetáculo proporcionado.

A última atração do dia foi o aguardado show nacional com o grupo Missionário Shalom, que fez todos voltarem a dançar, e claro, a também jogar água pelos ares. Com músicas bem executadas e animadas, intercaladas por momentos de profunda espiritualidade, o grupo Missionário Shalom encerrou com perfeição um dia que ficará marcado no coração de todos que lá estiveram.


Caminhada saindo da Paróquia Nossa Senhora da Penha em direção ao Parque de Exposições.






Parque de Exposições de Cachoeiro, local onde o DNJ foi celebrado.


Missa - Procissão de Entrada.


A Missa foi presidida pelo Bispo Diocesano dom Dario Campos.


Recordação de momentos marcantes da Juventude na diocese de Cachoeiro de Itapemirim.


Presbíteros da Diocese também estiveram presentes para concelebrar a Missa.


De mãos dadas todos rezam o Pai Nosso.


Grupo Cristo Samba.


Musical Canto das Írias.




Atração nacional, Grupo Missionário Shalom.



Veja mais fotos em nossa galeria, clicando aqui.

 

 

Informativo

Cadastre seu e-mail e receba informações mensais da Diocese.


  diocese@diocesecachoeiro.org.br

  28 2101-7603

Rua Costa Pereira, 41 - Centro

CEP: 29.300-090 - Cachoeiro de Itapemirim - ES

Diocese de Cachoeiro de Itapemirim

 

© Diocese de Cachoeiro de Itapemirim. Todos os direitos reservados.

 

Produção / Cadetudo Soluções Web