28 2101-7603

Home / Artigo / MUITA HISTÓRIA EM POUCAS PALAVRAS

MUITA HISTÓRIA EM POUCAS PALAVRAS

Por Pe. José Carlos Ferreira da Silva

 

 

Segundos os manuscritos do padre Manuel Pires Martins¹ , de 05 de julho de 1880, precisamente na folha 35, do primeiro Livro de Tombo, a Paróquia Nossa Senhora do Amparo foi criada por ato diocesano de Dom Antônio Malheiros Reimão, 6.º Bispo do Rio de Janeiro, em março de 1769, e foi reconhecida por carta, por meio do rei, em 31 de maio de 1771. O primeiro pároco, o padre Diogo Carvalho da Costa, conduziu-a como pastor próprio até setembro de 1774.

 

Conforme se lê nos manuscritos deixados pelo padre Martins, a origem do processo de evangelização na região e a devoção a Nossa Senhora do Amparo reportam ao ano de 1625, quando uma Igreja dedicada a Nossa Senhora do Amparo foi fundada pelos missionários Jesuítas, nos Montes Castelos - atualmente região do Caxixe, próximo à Fazenda do Centro, no município de Castelo. Conforme registro no Tombo deixado pelo padre Martins, esse templo, em 12 de novembro de 1710, foi elevada à Igreja Matriz da Paróquia dos Montes do Castelo, sob a nomeação de Nossa Senhora do Amparo.

 

Os manuscritos lembram também que, devido aos constantes ataques por parte dos índios (denominados “bugres botocudos” por causa de seus adereços - madeiras enfiadas nos lábios e orelhas) e a pobreza que afetou a região, em 1765, os habitantes migraram a Igreja para o Sítio Itapemirim, trazendo, sob os cuidados do Padre Amaro da Silva Carneiro, além do desejo de encontrar um lugar seguro, as Imagens de Nossa Senhora do Amparo, São 1 MARTINS, Manoel Pires. Tombo da Camarca Ecclesisastica de Itapemirim na Província do Espirito Sancto e Bispado de San Sebastião do Rio de Janeiro Benedito, a Pia Batismal, o sino e outros paramentos. Segundo relatos atuais, o sítio citado se refere a um lugar denominado fazendinha, um pequeno elevado às margens do Rio Itapemirim, próximo ao Hospital Santa Helena na Vila de Itapemirim, onde edificaram o primeiro templo.

 

Consta-se também a existência de um segundo templo, cujas ruínas ainda podem ser observadas à rua Jerônimo Monteiro, no centro de Itapemirim. A atual e belíssima Igreja Matriz Nossa Senhora do Amparo é o terceiro templo da Paróquia Nossa Senhora do Amparo e levou cerca de 21 anos para ser edificada. O início da construção se deu em 08 de setembro 1834 e a inauguração ocorreu em 15 de setembro de 1855, ou seja, depois de 90 anos da chegada dos emigrantes em Itapemirim e 86 anos depois da criação da paróquia.

 

A imagem de Nossa Senhora do Amparo testemunha, por dia após dia, cada passo, cada derrota, cada vitória, cada oração, cada alegria, cada esperança, cada avanço e retrocesso dado por meio dos ideias e propostas que a Igreja, caminhando atrás do Cristo, vai delineado em vista do Reino de Deus.

________________

¹MARTINS, Manoel Pires. Tombo da Camarca Ecclesisastica de Itapemirim na Província do Espirito Sancto e Bispado de San Sebastião do Rio de Janeiro

Informativo

Cadastre seu e-mail e receba informações mensais da Diocese.


  diocese@diocesecachoeiro.org.br

  28 2101-7603

Rua Costa Pereira, 41 - Centro

CEP: 29.300-090 - Cachoeiro de Itapemirim - ES

Diocese de Cachoeiro de Itapemirim

 

© Diocese de Cachoeiro de Itapemirim. Todos os direitos reservados.

 

Produção / Cadetudo Soluções Web