28 2101-7603

Home / Destaque

04.10.2018

Criaturas de Deus

No dia de São Francisco, Dom Dario Campos abençoa os animais da Diocese

 

 

Hoje, 04 de outubro, a Igreja Católica celebra o Dia de São Francisco de Assis.

 

São Francisco, nascido na Itália no ano de 1182, faleceu no dia 3 de outubro de 1226. Poré, foi sepultado no dia seguinte, 04 de outubro, dia no quem é comemorado a sua festa litúrgica.

 

O santo também é considerado o protetor dos animais. Em uma das histórias, São Francisco é chamado para resolver o problema de um lobo que aterrorizava um vilarejo da Itália. Lá, ele consegue se comunicar com o animal e descobre que seu problema era fome. Com isso, o santo orienta que as pessoas da localidade alimentem o animal, e a partir deste momento lobo passou a viver pacificamente entre os cidadãos.

 

 

Benção aos animais

 

Desta forma, hoje também é celebrado o "Dia Mundial dos Animais". E na manhã desta quinta-feira, na Catedral de São Pedro, em Cachoeiro de Itapemirim, o nosso Bispo Diocesano Dom Dario Campos deu uma benção especial a todos os animais da Diocese.

 

Pessoas se reuniram, trazendo seus animais de estimação, em sua maioria cães, para receberem a benção do bispo e serem aspergidos pela água benta do pastor da Diocese.

 

Durante a benção, foi feita uma oração dedicada aos animais, rezadas preces, intercessões e uma fala de Dom Dario para com os presentes. O Bispo contou brevemente sobre a proximidade de São Francisco com a natureza, em especial a fauna, falou do cuidado que devemos ter com os animais e que, além deles, não esqueçamos de olhar também os nossos irmãos necessitados:

 

“Uma outra passagem importante sobre São Francisco de Assis é o despojamento. Francisco é conhecido como o santo da pobreza. O pai era um homem de negócios, muito conhecido na Europa. Francisco, certa vez, pegou o resultado da venda do dia e doou aos pobres. Naquela época não havia delegado, polícia, então quando alguém queria fazer alguma reclamação fazia há quem? Ao bispo. E foram ao bispo reclamar que Francisco devolvesse ao pai tudo aquilo que ele havia dado aos pobres. No meio da praça, durante o julgamento, o que é que Francisco faz? Tira toda a roupa, joga as roupas aos pés do bispo para devolver ao pai e diz: ‘Toma-lhe o que é seu. A partir de hoje não quero dizer mais ‘meu pai’, mas ‘Pai nosso que estais no céu’”.

 

“Ao cuidar dos animais nós temos por obrigação ter um carinho muito grande, mas também não podemos esquecer dos nossos irmãos e irmãs mais necessitados. Todos são criaturas de Deus. E todos merecem nosso carinho, nosso amor e nossa ternura”.

 

 

 

 

 

 

 

 

Seja o primeiro a comentar

Informativo

Cadastre seu e-mail e receba informações mensais da Diocese.


  diocese@diocesecachoeiro.org.br

  28 2101-7603

Google Play

Rua Costa Pereira, 41 - Centro

CEP: 29.300-090 - Cachoeiro de Itapemirim - ES

Diocese de Cachoeiro de Itapemirim

 

© Diocese de Cachoeiro de Itapemirim. Todos os direitos reservados.

 

Produção / Cadetudo Soluções Web