28 2101-7603

Home / Destaque

28.08.2018

Festa do Rei Jesus

Departamento de Comunicação conversa com Ir. Ana Paula, que participará pela primeira vez do festival

 

 

 

No dia 22 de setembro a cidade de Cachoeiro de Itapemirim receberá fiéis das mais variadas regiões durante a Festa do Rei Jesus. Iniciada em 1990, a festa chega a sua 29ª edição como um dos maiores festivais de música católica do Espírito Santo, reconhecido até mesmo em outros estados do Brasil e que atrai cerca de 10 mil pessoas. 

 

Este ano, entre as atrações estão DJ Roony Moura, Missionário Shalom, Adriana Arydes, Cosme, Diego Fernandes e Irmã Ana Paula, CMES. E foi com a irmã da Congregação das Carmelitas Mensageiras do Espírito Santo que o Departamento Diocesano de Comunicação teve o prazer de conversar.

 

Irmã Ana Paula fará sua primeira participação na Festa do Rei Jesus. Em virtude disso, e por estarmos no mês dedicado às vocações, entramos em contato com a religiosa e pudemos conhecer um pouco mais sobre sua caminhada. Acompanhe:

 

__________________

 

Departamento Diocesano de Comunicação: Irmã Ana Paula, bom dia. Prazer poder conversar com a senhora. Conte-nos, para quem não a conhece, de onde a senhora é?

 

Irmã Ana Paula, CMES: Oi Flávio, bom dia. Eu que fico grata pela oportunidade. Eu sou natural de Ponto Belo, cidade situada no extremo norte do estado do nosso estado do Espírito Santo, pertencente a Diocese de São Mateus.

 

 

DDC: Qual memória da infância a senhora guarda com carinho no coração?

 

Ir. Ana Paula: São muitas memórias... talvez, para citar uma, as viagens em família nos finais de ano e momentos de música e cantoria com os amigos dos meus pais, enquanto comíamos churrasco (risos).

 

 

DDC: Estamos vivenciando o mês vocacional. Gostaria que a senhora falasse um pouco sobre o discernimento vocacional em sua vida. Quando sentiu que Deus a chamava para a vida consagrada?

 

Ir. Ana Paula: Depois da minha primeira Comunhão, aos 13 anos de idade, eu comecei a engajar na Igreja. O olhar de Jesus alcançou minha miséria e me amou como eu era. A partir daí fui percebendo que Ele desejava a minha vida. Esse processo de discernimento vocacional foi feito com muito silêncio e oração. Houve lutas, pois não estava nos meus planos a vida religiosa, mas não pude conter a voz que queimava dentro de mim. Então, com 19 anos, ingressei nas Irmãs Carmelitas Mensageiras do Espírito Santo.
 

 

DDC: Em nossa Diocese também temos um Mosteiro, o Carmelo Descalço São José. Como a senhora conheceu as Irmãs Carmelitas do Espírito Santo? Ele pertence ao nosso estado?

 

Ir. Ana Paula: Conheci a Congregação em um Congresso Nacional da Renovação Carismática Católica. Conheci também o Carmelo de Nazaré, que fica em Cariacica (ES). Na época eu não sabia que a nossa fundadora, Madre Maria José do Espírito Santo, era do grupo fundador deste Carmelo, e saiu com licença de votos de Dom Silvestre para fundar o nosso Instituto no ano de 1984, ano do meu nascimento também. O nosso Instituto nasceu no Estado do Espírito Santo e depois veio pra São Paulo.

 

 

DDC:  E como artista católica, são quantos anos de estrada?

 

Ir. Ana Paula: Estou no Instituto há 14 anos, mas antes já era missionária. O primeiro cd do nosso Ministério foi em 2008, há 10 anos.

 

 

DDC: Em setembro, a senhora virá à nossa Diocese para se apresentar na Festa do Rei Jesus, considerado por muitos o maior Festival de Música Católica do Espírito Santo. Esta será a sua primeira participação no evento. Qual a expectativa?

 

Ir. Ana Paula: Minha expectativa é de ver a Glória de Deus resplandecer sobre nós nesse dia. Procuro sobretudo as expectativas do Céu sobre este evento. Ele sempre nos surpreende.
 

 

DDC: Neste mês, o Departamento Diocesano de Comunicação realizou entrevistas com várias Irmãs de diferentes congregações, buscando ouvi-las e mostrar sua trajetória de vida, para que as jovens de nossa Diocese possam ver que dúvidas e receio é algo natural em qualquer mudança, mas que a alegria em dedicar à vida a Deus é algo imensurável. Qual mensagem a senhora deixaria para os nossos jovens, tanto homens quanto mulheres, que nutrem em seu íntimo a vontade de seguir na vida vocacionada?

 

Ir. Ana Paula: Digo a todos vocês jovens: Permita que o olhar de Jesus atravesse sua alma e renda-se ao que Ele deseja de você. É de grande importância o discernimento vocacional ser regado pelo silêncio fecundo que nos ensina a Santíssima Virgem Maria, pois o silêncio revela nossas verdades e nos ajuda a termos maior clareza da vontade de Deus. Se oriente com pessoas adequadas e não queira ter certeza de tudo, pois a fé é caminhar no abandono e na certeza de que Deus nos conduz dia após dia aos seus mistérios de amor. Seja fiel!
 

 

DDC: Irmã Ana Paula, muito obrigado pela sua atenção e pelo testemunho de vida. Que Deus abençoe esta sua primeira apresentação na festa.

 

Ir. Ana Paula: Agradeço pela oportunidade Flávio e à organização da festa pelo convite. Será uma alegria estarmos juntos celebrando a Festa do Nosso Rei Jesus! Deus abençoe!


 

Os ingressos para a Festa do Rei Jesus 2018 podem ser adquiridos na Praça do Taxi, centro de Cachoeiro de Itapemirim, ou através do site oficial da festa (clique aqui).

 

 

 

Seja o primeiro a comentar

Informativo

Cadastre seu e-mail e receba informações mensais da Diocese.


  diocese@diocesecachoeiro.org.br

  28 2101-7603

Google Play

Rua Costa Pereira, 41 - Centro

CEP: 29.300-090 - Cachoeiro de Itapemirim - ES

Diocese de Cachoeiro de Itapemirim

 

© Diocese de Cachoeiro de Itapemirim. Todos os direitos reservados.

 

Produção / Cadetudo Soluções Web