28 2101-7603

Home / Artigo / CEBS: NASCENTES DA ESPIRITUALIDADE MISSIONÁRIA

CEBS: NASCENTES DA ESPIRITUALIDADE MISSIONÁRIA

Por Seminarista Felipe Gomes Scarpatti

 

 

Cristo ressuscitado tendo construído a primeira comunidade com seus apóstolos os envia a missão de fazer todas as nações comunidades de discípulos e discípulas do Reino. Com o batismo e participantes da trindade santa, praticando o que Ele mandou. Ao ensinar e praticar os mandamentos, a comunidade constitui-se escola da Vida. Jesus senhor universal quem promete estar presente até fim.

 

A comunidade primitiva tendo seus problemas, especialmente com a pobreza e a incompreensão, não desanima, não deixou de prosseguir seu caminho, certa de que assim é fiel ao mesmo tempo a Jesus e ao povo. Hoje, as comunidades eclesiais de base trazem em sua essência o envio de Jesus. São nascentes na qual jorram a espiritualidade missionária, do serviço aos irmãos que comungam do mesmo pão e estão interligados ao mesmo Cristo.

 

A espiritualidade das ceb’s têm suas raízes [...] sempre numa atitude de respeito e de honestidade para com a realidade; [...]. Uma espiritualidade missionária que vive a dimensão social, mergulhada e comprometida com a realidade do povo. Exercem, segundo Casaldáliga (1993), uma espiritualidade que vem a ser, portanto, uma espiritualidade muito localizada, localizada concretamente no “lugar social” dos pobres.

 

A pedra fundamental, que estabelece comunhão das comunidades eclesiais de base com o lugar social, deve está enraizada em resgatar ao Homem [...] sua consciência crítica, levando-o a despertar as necessidades e os direitos dos oprimidos inertes, ou seja, da massa. [...]. Tal força que buscará se personificar, ou seja, dia após dia trazendo em si as características de tal pessoa: Jesus Cristo.

 

A espiritualidade ativa das comunidades eclesiais de base perpassa pela inspiração da palavra de Deus, pois [...] o Espírito Santo continua, então, a agir na Igreja e em cada fiel, conferindo à primeira o carisma da interpretação autêntica e ao segundo a graça de acolher a Palavra como alimento espiritual[...]. Desta forma alimentadas pela Palavra, as comunidades saem em missão inspiradas pelo Espírito, tornando dinâmica e vivificante seu serviço.

 

Qual é a pulsão missionária das comunidades eclesiais? O Reino de Deus. Sendo comunidades cristãs, o Reino é, a missão fundamental, de todo cristão, as outras missões concretas e carismas particulares não serão senão concreções daquela única “grande missão cristã”. Assim o critério para medir a identidade cristã das comunidades é sua relação com o Reino de Deus, sua relação com a causa de Jesus.

 

A espiritualidade missionária que precisa prevalecer nas comunidades eclesiais é viver e lutar pela causa de Jesus e do Reino. Pois vivendo em comunhão, as Ceb’s não terão uma missão distinta. Porque a única coisa que o diferencia é que tem uma luz nova para compreendê-la e uma nova força para realizar os prodígios do Reino que é justiça, paz, fraternidade, liberdade, vida e amor.     

 

Portanto, que nossas comunidades eclesiais de base possam a cada dia serem adeptos a entrar na dinâmica do Reino, marcadas pela realidade, dando sentido a vida de homens e mulheres que buscam fins idênticos: estar unidos a verdade de libertação e justiça. Dialoguem com o mundo, pois nada que é humano é estranho ao cristão. Sejam abertos a acolher o esforço e o trabalho dos irmãos, dos militantes, do povo, pois a mensagem de Jesus está de acordo com os anseios mais profundos do coração humano e uma só é a vocação última do Homem, a divina.

Informativo

Cadastre seu e-mail e receba informações mensais da Diocese.


  diocese@diocesecachoeiro.org.br

  28 2101-7603

Google Play

Rua Costa Pereira, 41 - Centro

CEP: 29.300-090 - Cachoeiro de Itapemirim - ES

Diocese de Cachoeiro de Itapemirim

 

© Diocese de Cachoeiro de Itapemirim. Todos os direitos reservados.

 

Produção / Cadetudo Soluções Web