28 2101-7603

Home / Artigo / POR UMA CONSCIÊNCIA POSSÍVEL

POR UMA CONSCIÊNCIA POSSÍVEL

Por Seminarista Fernando Acácio de Oliveira

 

 

Nossa sociedade está desconcertada! Refletir as consequências humanas de muitas decisões políticas e sociais inumanas, analisá-las e levá-las em conta são condições necessárias para qualquer vivência verdadeiramente digna. Diante do descalabro no qual temos vivido em nosso país, com tantos passos dados para trás, no que se refere aos direitos dos cidadãos e cidadãs, bem como a compreensão acerca da realidade e o constante processo de desumanização que nossa sociedade tem assumido, torna-se necessário construir uma consciência possível para o resgate da dignidade humana.

 

São assombrosas as ações dos três poderes da república no tocante a tantos retrocessos que nos têm sido impostos, bem como a onda reacionária que toma conta da população. É impressionante como que esse descaminho que vamos percorrendo nos coloque numa posição muito mais criticável. Se, com todo o arcabouço existencial, político, filosófico e científico que nos amparam contemporaneamente, ainda somos capazes de cometer tantas crueldades, de tornar indignas muitas vidas, de caminhar a passos largos rumos à destruição do que nos fazem humanos, perguntamos: O que ainda pode ser feito? Situações que para superação exigem a implicação de todos. Pois, cada época é construída dentro do marco de uma consciência possível. Todos somos filhos (as) de nosso tempo.

 

É a partir de uma consciência possível, ou seja, caminhar rumo a maturidade de uma consciência social e política, educando na ética e no respeito mútuo as novas gerações que transformaremos a realidade e nela encontraremos sentido. Ao passo que essa consciência vai se alargando, vamos dando passos, evoluindo como humanidade. Assim, mesmo que as sombras de todas as épocas sejam e devam ser criticadas, é preciso construir a maturidade de uma consciência possível que pode superar os erros cometidos.

 

Sem nos desresponsabilizar pelo caminho que nós próprios temos traçado, precisamos aprender com a história. Não repetir as sombras passadas e, tampouco, corromper-se às sombras que nos encobrem nos dias atuais. É certo que, em meio ao desânimo e ao desalento, diante de tanta ruindade que nos cercam e nos envolvem, é difícil perceber as luzes que despontam em nossa história. Mas elas existem! É possível construir uma história iluminada, depende de nosso querer autêntico e corresponsável.

 

Contudo, mesmo sabendo que nossos tempos não são fáceis para a esperança, temos que adaptar nossos olhos a escuridão destes momentos e buscar perceber sinais de esperança. Somos convidados conscientemente a lutar por grandes causas em prol da humanidade que pede tempo, trabalho e dignidade. Que o tempo do Advento predisponha nossos corações a acolher com intensidade a esperança em Jesus Cristo, que, por pura bondade, manifestou-se com inigualável força a cada um de nós para mover nossa vontade para o bem, nos despertando para reaprender a ter projetos de vida e tornar a realidade com o aporte de gerações inteiras, com a contribuição de cada pessoa na construção de uma sociedade mais justa e ética.

Informativo

Cadastre seu e-mail e receba informações mensais da Diocese.


28 2101-7603

diocese@diocesecachoeiro.org.br

Google Play

Rua Costa Pereira, 41 - Centro

CEP: 29.300-090 - Cachoeiro de Itapemirim - ES

Diocese de Cachoeiro de Itapemirim

 

© 2016 Diocese de Cachoeiro de Itapemirim. Todos os direitos reservados.