28 2101-7603

Home / Artigo / ISSO É HUMANO! ISSO É HUMANO???

ISSO É HUMANO! ISSO É HUMANO???

Por Romário Campos

 

 

Essa é uma expressão que é muito usada no dia a dia e que infelizmente entrou na Igreja e muitos católicos acabam por usar essa frase e legitimando um caminhão de barreiras que nos impedem de ir a Deus.

 

O que é humano? Humano é o que foi Adão, Eva, Jesus e Maria, os únicos criados por Deus sem pecado e sendo o Filho de Deus e a Mãe Deus os que permaneceram assim. Ser Humano é viver sem o pecado. O pecado é uma mancha, não é natural. Vivemos um tempo em que o “ser humano” é um consumidor do mercado, manipulável pela mídia seja de esquerda como de direita, e tanta coisa que acabamos por ser que não chega nem perto do que sonhou Deus para nós.

 

É um perigo justificar erros com a frase: “NINGUÉM É PERFEITO”, “PERFEITO SÓ DEUS” ou “ISSO É HUMANO”, “TEMOS UM POUCO DE BEM E MAL DENTRO DE NÓS”. Com frases como essas naturalizamos o erro, naturalizamos o pecado. Com que moral terá um pai ou uma mãe de família terá para corrigir seus filhos se pensar assim? Com que moral a polícia poderia trabalhar corrigindo os infratores? Como permaneceria de pé a Operação Lava-Jato limpando aos poucos nosso País da podridão? Seria inútil as correções de Jesus a seus contemporâneos.  Sermos humanos de verdade é sermos como saímos das mãos de Deus.

 

Reconhecer nossa fraqueza e limitação deve ser um impulso para buscarmos sermos cristão e humanos melhores e não para justifica-las como normais, como se Deus as tivesse criado, como diz meu amigo Padre Helder Salvador se tratando ao que pensa a filósofa Santa Edith Stein: “Um dos objetivos da vida da graça, é a busca pela unificação da natureza em si e com Deus, ou seja, devolver ao ser humano o seu estado original, imagem autêntica da unidade trinitária. Neste sentido a recuperação da unidade pessoal é vocação que o ser humano tem que realizar em sua vida”1.

 

Dizendo de forma real e clara: na verdade o que 99,9999999... % chamamos humano na verdade é mundano, e o que chamamos de humanização pode acabar por ser relativismo e mundanização. Vamos aprender com o YouCat (Catecismo Jovem) no número 58:

 

“Ao contrário das coisas sem vida, das plantas e dos animais, o ser humano é uma pessoa dotado de espírito. Esta propriedade vincula-o mais a Deus que às outras criaturas visíveis. [355-357, 380] O ser humano não é algo, mas alguém. Assim como dizemos que Deus é pessoal, dizemos o mesmo do ser humano. Um ser humano logra pensar para além do seu horizonte imediato e estimar toda a amplitude do ser; ele até consegue, a uma distância crítica, conhecer-se a si próprio e trabalhar em si mesmo; enquanto pessoa, ele pode perceber os outros, compreendê-los na sua dignidade e amá-los. Entre todas as criaturas visíveis, apenas e ser humano é «capaz de conhecer e amar o seu Criador» (Concílio Vaticano II, Gaudium et spes, nº 12). O ser humano está ordenado a viver em amizade com Ele. (Jo 15,15). ‘Reconhece-te como imagem de Deus e envergonha-te se te revestires de uma imagem estranha!’ São Bernardo de Claraval”2.

 

Gosto muito também da frase da nossa Ministra Carmem Lúcia, Presidente do Supremo Tribunal Federal quando diz “O dia que alguém achar normal o que é ilícito realmente é algo instável e inédito na minha vida de profissional. Dizer ‘isso é ilícito ora’. Ora? Como se o ilícito fosse normal e pudesse ser alegado normalmente, qualquer coisa que se dissesse (...) o ilícito é normal, mas a inverdade não é normal, a ilegalidade não é normal. Em um estado de direito o ilícito há de ser processado, verificado, e se comprovado, punido”.

 

Nós cristãos temos que tomar cuidado, vivemos um mundo com regras de conduta, não podemos nem ficar escravos delas, mas vive-las com liberdade, consciência limpa e tranquila, porém tomando cuidado para não cairmos no relativismo atual, carente da Verdade de Amor de Jesus.

 

 

REFERÊNCIAS

 

SALVADOR, Helder. PRESSUPOSTOS ANTROPOLÓGICOS DA FILOSOFIA CRISTÃ SEGUNDO EDITH STEIN. Disponível em: http://www.janeladareflexao.com.br/pressupostos-antropologicos-da-filosofia-crista-segundo-edith-stein/. Acesso em: 04 Ago. de 2017.

 

YOUCAT. Disponível em: http://youcatpt.blogspot.com.br/2012/04/58-o-que-significa-dizer-que-o-ser.html. Acesso em: 04 Ago. de 2017.

 

Caixa 2 é Crime! diz Ministra Cármen Lúcia. Disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=OOr95jHKvDg. Acesso em: 04 Ago. de 2017.

Informativo

Cadastre seu e-mail e receba informações mensais da Diocese.


28 2101-7603

diocese@diocesecachoeiro.org.br

Google Play

Rua Costa Pereira, 41 - Centro

CEP: 29.300-090 - Cachoeiro de Itapemirim - ES

Diocese de Cachoeiro de Itapemirim

 

© 2016 Diocese de Cachoeiro de Itapemirim. Todos os direitos reservados.